Pescadores se unem e salvam 6 mil peixes do desastre em Mariana

lama-pescadoresSendo um dos maiores desastres ambientais que o Brasil já sofreu, o rompimento das barragens em Mariana (MG) deixou um rastro preocupante de lama tóxica. Além das vidas humanas abaladas, milhões de peixes nas águas próximas se viram gravemente ameaçados pela lama. E para tentar minimizar os danos, centenas de pescadores se uniram para tentar salvar esses animais.

A operação batizada de “Arca de Noé” é uma união entre os pescadores, ONGs e civis para resgatar o maior número de peixes e transferi-los para açudes construídos do outro lado do Rio Doce.

No total, o estimado é que tenham sido salvos mais de 6 mil peixes de 20 espécies diferentes entre robalos, dourados e corvinas. Para que essa ação fosse possível, mais de 50 embarcações ficaram no rio por cerca de 12 horas. Os animais coletados foram colocados em tanques e levados por caminhões para os açudes de proteção. Valeu a pena!

*Foto: Reprodução

comentários

Deixe uma resposta